Tempo: o fator que nos amadurece e liberta

Quando se é jovem, é comum guardarmos muitas coisas para nós mesmos. Somente quando sentimos segurança em alguém é que compartilhamos nossos temores e angústias. Até mesmo com familiares, às vezes, é complicado compartilhar nossas histórias mais profundas. Depois de passarmos por vários acontecimentos, bons e traumáticos durante a juventude é que olhamos para trás e percebemos… Como nós mudamos. Logo, essa metamorfose se deve ao tempo.

Hoje, eu e você que já chegou à fase adulta ou superou a adolescência, se mostram como pessoas diferentes. Até mesmo quem está naquela fase de ganhar espinhas no rosto, está em constante transformação, modelando sua personalidade. Tudo isso por causa da convivência com as pessoas e os acontecimentos que presenciamos no nosso dia-a-dia.

tempo

Sentimentos que permanecem com o passar do tempo

Em nossas mentes, alguns pensamentos ou mesmo sentimentos, acabam permanecendo com o passar do tempo e da idade. Por menores que sejam, nunca vão embora. Um resquício ou uma fagulha sempre fica acesa, pois age como um cometa que de tempos em tempos retorna a um certo ponto da sua rota. E quando esses sentimentos se tornam palavras ou se encarnam em forma de texto, eles acabam alcançando algumas pessoas. Aquelas que vivem ou passaram por uma situação similar. E nesta hora você percebe o quanto você era frágil, limitado. Aquilo que passamos era somente um aquecimento para enfrentar os grandes desafios da vida que nos aguardam. E pode apostar, eles ainda estão esperando a hora certa para serem derramados na sua estrada. São como a lava de um vulcão em erupção.

A cura que vem com o tempo

Não tem jeito, o tempo vai trabalhando a nosso favor. Ele vai enxugando nossas lágrimas e desintegrando os nossos desamores, desafetos e os dramas da juventude. À medida que ele avança, também chegam os momentos mais importantes acompanhados do primeiro emprego, faculdade entre outros.

tempo

E assim vamos crescendo e amadurecendo, e quando menos esperamos, olhamos para trás e vemos nosso passado. Aquele instante em que vai ficando distante como uma miragem e dissolvendo grande parte do nosso eu interior que dizia:

“Eu amo de verdade”, “eu sei de tudo”, eu sempre tenho uma saída ou sempre vou conseguir ganhar de qualquer jeito. Tudo isso se perde com o tempo, pois ele é o fator que nos amadurece e liberta.

No fim das contas, era tudo uma casca ou uma prévia nossa. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *