Semana que vem: uma canção inquietante

A cantora Pitty é uma das estrelas do Rock Nacional. Conhecida por muitos pelo seu codinome, Priscilla Novaes Leone,  é natural de Salvador – Bahia. A artista alcançou o sucesso em 2003. A banda da qual ela é a líder veio com seu primeiro CD (Admirável Chip novo) naquele ano. Este primeiro álbum foi muito bem sucedido. Foram mais de 350 mil cópias certificando a banda com uma tripla platina. Mas o que se pode dizer sobre as músicas da banda? Vamos analisar Semana que vem, uma canção inquietante por causa de sua temática. 

Nesta análise abordaremos de onde veio a inspiração para a composição das músicas deste álbum. Não é algo vazio ou que veio do nada, as músicas revelam temas com a presença de certos questionamentos. Alguns deles filosóficos e um pouco complexos. Vamos então descobrir o que a letra da canção Semana que vem esconde? Vamos lá!

Amanhã eu vou revelar
Depois eu penso em aprender
Daqui a uns dias eu vou dizer
O que me faz querer gritar
Aah!
 
Na primeira estrofe a autora passa a sensação de algo muito importante está por vir. Talvez possa ser uma coisa importante, porém calamitosa. Alguma coisa que a aflige e que a deixa em desespero.

Semana que vem e as mudanças causadas pelo tempo

No mês que vem tudo vai melhorar
Só mais alguns anos e o mundo vai mudar
Ainda temos tempo até tudo explodir
Quem sabe quanto vai durar
 
Aqui, já presenciamos que ela prevê que sua situação de vida atual pode mudar, provavelmente o seu lado pessoal. Isso implica em alterações na vida cotidiana como família, trabalho entre outras coisas. Entretanto, esta mudança está ligada também ao que acontece com o mundo atual. Guerras e crise econômica, por exemplo, podem evidenciar que o mundo possa acabar talvez em um conflito iminente. No entanto, o fim é algo incerto.
 
A partir de amanhã eu vou discutir
Da próxima vez eu vou questionar
Na segunda eu começo a agir
Só mais duas horas pra eu decidir
 
Visualizando que uma mudança se aproxima com maior rapidez, ela pretende tentar entender como isso pode acontecer. Começando a semana só lhe resta poucas horas para tomar uma importante decisão que vai mudar a sua vida.

A importância de cada dia em nossas vidas evidenciada em Semana que vem

Esse pode ser o último dia de nossas vidas 
Última chance de fazer tudo ter valido a pena
Ah! Ah! Ah!
Diga sempre tudo o que precisa dizer
arrisque mais pra não se arrepender
Nós não temos todo o tempo do mundo
E esse mundo já faz muito tempo.
 
E se de repente o mundo acabar? Ninguém pode prever o que vai acontecer, no entanto, sabemos que o fim chegará em algum momento. Pode ser hoje, amanhã, semana que vem, daqui um mês… Um, vinte, cinquenta, cem ou mil anos. Mas e se ele chegar amanhã? Você pode partir sem ter concluído ou feito o que gostaria de fazer. Talvez você não consiga dizer àquela pessoa, que você a ama ou lutado pelo o que você ama.

A relação física entre passado, presente e futuro abordada em Semana que vem 

O futuro é o presente
E o presente já passou
O futuro é o presente
E o presente já passou
 
A relação de tempo aqui pode estar ligada a Física, se pensarmos que se existem passado, presente e futuro. Se algo acontecer daqui a dois minutos com qualquer um de nós, o acontecimento ainda está no futuro. Ele ainda não chegou. No entanto, passados estes dois minutos o futuro também chegou e vivemos naquele exato instante o presente. Terminada a ação ele já estará no passado.
 
Não deixe nada pra depois
Não deixe o tempo passar
Não deixe nada pra semana que vem
Porque semana que vem
pode nem chegar
 
Daí vem a necessidade de não desperdiçarmos o tempo que temos com coisas fúteis ou sem importância. Podemos deixar algo de importante pra trás, inacabado ou sem ter sido feito, se o momento derradeiro chegar. Este desfecho pode ser tanto
a nossa morte como o fim do mundo. 

Inspiração para a criação do Álbum Admirável chip novo

A criação das músicas que compõem o CD foram baseadas em um romance literário, publicado em 1932, chamado Admirável Mundo Novo do escritor inglês Aldous Huxley. Esta obra é considerada a 5ª melhor de uma lista dos 100 melhores romances de língua inglesa do século 20 da Moderny Library. Já na Big Read, realizada em 2003 pela BBC, a obra ocupa a 87ª posição. Entretanto a Big read, e uma lista que contempla os 100 melhores romances de todos os tempos de língua inglesa. Sendo uma pesquisa realizada com o público do país, havendo mais de 750 mil votos.   
A influência do Admirável Mundo Novo é ainda mais forte na canção Admirável Chip Novo. Nela é possível ver uma grande semelhança com o tema retratado no livro de Huxley. 
 
Mesmo sendo um assunto bem interessante, o que podemos fazer se o mundo acabar para nós? A cantora Pitty tem a resposta com a sua canção Semana que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *