Raio-x de “Medo bobo” de Maiara e Maraisa

As gêmeas Mato-Grossenses, Maiara e Maraisa, acenderam ao sucesso recentemente no cenário do sertanejo universitário. As canções desta dupla como de muitas outras se referem a temática do romance. Uma de suas canções mais tocadas em 2016 foi Medo bobo. Não é o medo que sentimos do escuro quando crianças por exemplo, mas pode ser aquele receio de querer alguma coisa ou passar por uma situação que antes de acontecer, não se sabe se no fim aquilo ou algo vai ser bom ou ruim para você. Vamos mergulhar bem fundo nas entrelinhas da canção.

Vamos mergulhar bem fundo nas entrelinhas da canção.

Ah, esse tom de voz eu reconheço
Mistura de medo e desejo
Tô aplaudindo a sua coragem de me ligar

Eu, pensei que só tava alimentando
Uma loucura da minha cabeça
Mas quando ouvi sua voz respirei aliviado

A questão colocada aqui para nós se remete a um casal que antes de se unirem, viviam um amor platônico. Eles sentem medo de selarem a união, pois alguém ou uma terceira pessoa que tem ligação com a dupla de namorados se torna um obstáculo por algum motivo. Esta questão fica bem clara na seguinte estrofe:

Tanto amor guardado tanto tempo
A gente se prendendo à toa
Por conta de outra pessoa
Só da pra saber se acontecer

E tantas podem ser as hipóteses que se encaixam para explicar o elo que esta terceira pessoa tem com os amantes. Para exemplificar vamos imaginar que temos os personagens João, Maria e Eduardo. João e Maria eram namorados e terminaram. Se na estrofe acima temos a seguinte afirmação:

A gente se prendendo à toa
Por conta de outra pessoa

Com certeza, Eduardo não é uma pessoa qualquer e tem com João uma amizade ou algo mais, e isso dificulta muito e muito mesmo a união de Maria e Eduardo. Imaginem um drama como este… Neste enorme universo, algumas pessoas devem ter passado por situação idêntica. Então, o casal sente o receio descrito pela frase:

Só da pra saber se acontecer

Depois de decidirem assumir o romance e correrem o risco, os amantes se entregam a paixão que por sinal parece ser forte, como é mencionado na passagem abaixo:

É, e na hora que eu te beijei
Foi melhor do que eu imaginei
Se eu soubesse tinha feito antes
No fundo sempre fomos bons amantes

Sabemos que tal situação é hipotética e seus resultados também, mas como termina, depende muito de cada um. Alguns podem levar tal situação numa boa e outros não com o fim de uma relação. Neste caso difícil a parte ruim sobrou para o João. Se ele for um cara bacana e que entende que precisa partir para outra, o título da canção se justifica realmente como Medo bobo.

Fonte: Disponível em: https://youtu.be/Jzl_nrTkfIM. Acessado em 05 de maio de 2017.

Compositores da música: Juliano Tchula / Maraisa / Vinicius Poeta / Junior Pepato / Benicio Neto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *