O que acontece quando você ignora uma criança de rua passando fome?

O dia morria frio e sutil. Seu corpo tremia pela rajada de vento tocando-lhe a pele, adentrando pelos furos e rasgados do casaco empoeirado. Em sua mão, somente dois centavos. Suas pernas moviam rapidamente, mas não corria. Trêmulo, não podia. Esqueceu-se que a fome era maior que o frio, gastou as únicas e preciosas cédulas de um aposentado no manto que envolveu seu corpo gelado. Por ventura, não o aqueceu. Abandonou-o junto a neve, e só então correu. O cheiro alcançando suas narinas, o fez temer que aquela fosse a última refeição, que por sinal, não viria.

Agarrou-se a visão de um assado pela vidraçaria… “sai daqui garoto. Não somos hospedaria”. Largou-se num bar… bolo na vitrine, homens a beber e dançar. Sentou-se numa cadeira… pequeno e frágil a olhar. “O que deseja, menino? ”… “Ah, senhor, apenas algo que possa me alimentar”. A calda de amêndoa pingando, escorria pela parede circular capturando os olhos do menino que se desligava devagar. Lembrou-se de há muito se sentar à mesa com as velas a fincar… “Cante, cante, menino… hoje é dia de celebrar! ” Bateu palmas com sorriso estampado “parabéns, meu filho amado”. Agora, com o sonho apagado o estômago roncou, ele derrotado, logo acordou. “Senhor, um pedaço do bolo, por favor? ”. O velho pigarreou. “Peça ao papai, menino. Não banco o vovô”.

Voltando à praça, prometeu não espiar da vidraça. O corpo tremeu, o frio cresceu. Criança solitária, sem lar, sem abrigo, sem nada. Cuja a rajada de vento a congelara. Adentrando os furos e rasgados do casaco empoeirado. E em sua mão… somente dois centavos.

Abaixo acompanhe um pouco desta triste realidade em números que assombra uma grande parcela de jovens crianças do nosso país.


Ignorar os fatos pode ser o mesmo que sermos coniventes, ou seja, somos cúmplices de um crime ou simplesmente fechamos os olhos e não nos importamos com o próximo.

Por Laura Helen

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *