Júlio Verne: da ficção a realidade

Inegavelmente este deve ser um dos principais ou o principal autor de ficção científica do mundo literário. Conhecido por poucos no Brasil, Júlio Verne sabe apenas que foi um renomado escritor francês de romance, aventura e ficção. No entanto, a vida deste autor desperta muita curiosidade. O motivo seria que alguns acontecimentos descritos em algumas de suas obras… Perfeitamente se tornaram realidade e com um certo grau de precisão. Inclusive alguns deles forma descritos com um século de antecedência. Ora, seria Júlio Verne um profeta? Qual mistério por trás dele? Alguns fatos podem elucidar esta questão.

Júlio Verne e suas obras

Em primeiro lugar Júlio Verne nasceu em 1828 e morreu em 1905, mas deixou muitos trabalhos que foram traduzidos em mais de 160 línguas.

Certamente suas obras têm um caráter iniciativo no qual quase sempre um grupo de pessoas decide fazer uma viagem ao seguir um caminho. Porém nesse caminho surgem dificuldades, há provas, testes. Então, no final as pessoas acabam se tornando pessoas diferentes, pessoas novas. Esse caráter iniciativo pode ser identificado em 20 mil léguas submarinas, volta ao mundo em 80 dias e em viagem ao centro da terra.Julio Verne centro da terra

Júlio Verne prevê a chegada do homem a lua

Indubitavelmente agora, surgem os mistérios em seus livros. No livro Da terra à lua escrito em 1865, Verne nos fala de como o homem chegará à lua, pisará nela e depois voltará. Isso… Certamente cem anos antes do homem pisar na lua pela missão Apolo 11 em 1969.

Agora o que acontece a seguir são coisas definitivamente impossíveis vejamos: nesta mesma obra ele menciona o seguinte: os Estados Unidos serão a primeira superpotência que pisará na lua. Da mesma forma este fato se cumpriu cem anos depois disso. Logo, vale lembrar que ele escreveu sobre este fato, numa época em que os estados unidos não eram superpotência. Outro fato interessante é que ele fala sobre o Módulo Columbia que viaja à lua e aterrissa. Inquestionavelmente com uma margem de erro de alguns metros.Julio Verne da terra a lua

Do mesmo modo, as coincidências que você verá a seguir são assombrosas. Ainda em Da terra a lua, ele acerta a velocidade de escape da órbita lunar. No livro está 11 mil Km/h. A Nasa disse que foram 10830 Km/h, ou seja, uma pequena margem de erro.

Sobre a decolagem que faz o ônibus espacial é de 28° Norte e 28° ao sul do equador. Curiosamente, este lugar coincide com o Cabo Kennedy usado nas missões Apollo para usar as balsas. Como Júlio Verne poderia saber tudo isso? Mas tem mais… A última palavra do capítulo 11 deste livro é Apolo. Como? O livro de ficção ele fala que o custo da missão Apolo foi de 12,112 milhões de dólares, enquanto a NASA gastou na missão Apollo 11 um pouco mais de 14,4 milhões de dólares. Outra margem de erro pequena.

Paris do século 20 e novas tecnologias 

Além disso, no ano de 1863, Júlio Verne escreveu outra obra chamada Paris no século 20. Este livro conta como seria Paris há 100 anos no futuro, ou seja, Paris em 1963. Precisamente ele nos fala sobre internet, trem subterrâneo, motores a explosão, rede elétrica, fax, a torre Eiffel e um farol na torre. Mas aqui ele chama de luz o que estava nessa torre.

Adolf Hitler, submarinos e Lulas Gigantes

Igualmente você irá se surpreender muito mais do que eu irei falar sobre um livro que se chama Os 500 milhões da Begum, escrito no ano de 1879. Sem dúvida Júlio Verne nos fala nesta obra de um alemão chamado Ger Suter. Este por sua vez, é extremamente racista e quer purificar a raça Germânica acima de tudo. Consequentemente, temos claramente a figura de Hitler.

Em suma, Hitler nasceu em 1889, ou seja, 10 anos depois do livro. Então, como isso é possível? De onde veio essa precisão?Julio Verne vinte mil leguas

Por fim, em 20 mil léguas submarinas, aparece uma figura impensável, mítica, de uma lula gigante que há muito tempo foram descobertas. De certa forma, naquela época, animais como lulas gigantes eram tidos como seres mitológicos. Ou seja, não se cogitava a existência dessas formas de vida marinhas.

Por tanto, o mistério continua. Júlio Verne com certeza possuía muitos segredos visto que conseguiu prever com muita precisão fatos que se concretizaram em um futuro distante da sua época. Contudo seria razoável afirmar que Verne poderia ter feito uma projeção ou um cálculo político. Isto também poderia estar associado a rumores de que o escritor fazia parte de sociedades secretas. Por conseguinte ele teria acesso a dados e conhecimentos restritos para a sua época. Porém, isso não pode ser afirmado com absoluta certeza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *