A falta de originalidade do cinema Estadunidense

O cinema Estadunidense vive uma crise. As produções de filmes agora se baseiam cada vez mais em adaptações de livros, quadrinhos e mangás. O que falta para a arte do cinema norte americano voltar aos seus dias de glória?  

Cinema Estadunidense: filmes lendários

Os filmes de 60 ou 70 anos atrás não contavam com figurinos tão elegantes e nem super efeitos especiais como os da nossa atualidade. Em compensação a desenvoltura dos atores e o roteiro de vários deles eram impecáveis. Diversos longa-metragens se basearam em ideias ou fatos pré-concebidos. Podemos citar aqui alguns filmes lendários que se basearam principalmente em romances literários. E o vento levou, Ben Hur, Os intocáveis, A lista de Schindler entre muitos outros. O poderoso Chefão, por exemplo, foi baseado em um romance escrito por Mario Puzo. Esta obra cinematográfica está entre as melhores de todos os tempos. Para muitos o Poderoso Chefão é o melhor filme da história do cinema estadunidense. Abaixo uma cena épica de Ben Hur.

Cinema Estadunidense

Filmes inspirados na vontade de seus criadores

Em contrapartida, encontramos alguns filmes brilhantes com uma bela dose criatividade de alguns cineastas. Está ficando cada vez mais raro ver obras do tipo: ET- O extraterrestre, Star Wars, De volta para o futuro e Titanic. As ideias para a concepção dessas obras nasceram de um momento de inspiração e vontade de seus criadores de apostar em algo diferente. Em ET, a ideia central gira em torno de um alienígena que ficou perdido na Terra e que acabou fazendo amizade com um garoto chamado Elliott de dez anos. O serviço secreto americano tenta capturar a estranha criatura, porém o garoto não mede esforços para protegê-lo. No fim, Elliot, ajuda seu parceiro vindo das estrelas a regressar ao seu planeta. A história é bem diferente de muitos filmes de Alienígenas. Muitas  vezes, os extraterrestres são colocados como invasores que tentam subjugar a espécie humana. Cena impactante do filme ET – O extraterrestre.

Cinema Estadunidense

Outro exemplo brilhante é De volta para o futuro aonde um de seus criadores teve o seguinte pensamento: será que eu e meu pai seríamos amigos no colégio se estudássemos juntos? Depois disso o roteiro do filme começou a ser escrito. Na figura abaixo está o lendário veículo capaz de viajar no tempo em De volta para o futuro.

Cinema Estadunidense

E outras ideias mirabolantes também nasceram com grande criatividade. O roteiro de Titanic tem partes de uma história parecida com a de Romeu e Julieta misturada com o fato histórico de um naufrágio real. O diretor do filme filmou os destroços do navio de verdade, o que ajudou a conceber a obra. E o que dizer de Star Wars? A série tem influências de filmes de faroeste a até filmes japoneses. A esquerda os personagens Rose e Jack de Titanic. A direita a batalha entre Luke Skywalker e Darth Vader.

Cinema Estadunidense

Faltam novas obras e novas ideias

Talvez a falha não esteja em adaptar livros, quadrinhos, mangás entre outras obras, mas sim em se concentrar unicamente nelas. Criar novas obras cinematográficas a partir de novas ideias vai ser um grande desafio para os novos cineastas. A velha guarda: Steven Spielberg, James Cameron, George Lucas e outros brilhantes diretores de cinema, já deixaram sua marca.   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *